São peças mais constantes, que comunicam a marca e a instituição a qual representa, sua personalidade e seu conceito. Não são anúncios publicitários.

 

A construção e consolidação da identidade visual da marca se dá por sua permanência e repetição.

Os materiais devem dar continuidade ao conceito da marca e à identidade visual definida. Por isso, antes da montagem de qualquer layout, por mais simples que seja, determinamos um plano visual, para que todas as peças sigam este mesmo plano e se comuniquem entre si. Formas, cores, espaços, traços... são interpretados de alguma forma pelo observador, mesmo que não conscientemente. Não é aconselhável, por exemplo, linhas e formas na vertical quando se quer passar dinamismo ou rapidez. Assim, pensamos em elementos adicionais aos da identidade visual para compôr este plano e, consequentemente, as peças institucionais da marca.

Muitas são as opções de peças, podendo ser separadas em grupos:

  • Papelaria

  • Uniforme

  • Frota

  • Peças eletrônicas

  • Sinalização

  • Identificação

  • Embalagem

  • Outros

Peças institucionais