O nome é, com certeza, a principal identidade da marca. E, escolher a identidade nominal certa, pode ser uma vantagem competitiva enorme entre você e seu concorrente. Além da identidade nominal, o nome traz consigo uma carga verbal. Precisa comunicar-se com o seu público, identificar-se com ele e sair do comum, e, assim, despertar curiosidade e impregnar na mente dos consumidores.

No entanto, não é tão fácil quanto parece. É praticamente impossível achar um nome: forte, sugestivo, nem muito curto, nem muito longo, fácil de pronunciar, óbvio para escrever, criativo, conceitual e que ainda esteja disponível no INPI, no domínio.com e nas stores de aplicativos.

O caminho é definir estrategicamente de que forma o nome pretende identificar a marca e os critérios primordiais para esse objetivo. Em naming, nossas etapas de criação são:

  1. Estudo

  2. Linha criativa

  3. Possibilidades (grande lista)

  4. Filtragem (nomes finalistas)

  5. Pesquisa de disponibilidade

  6. Escolha

Naming